sexta-feira, 26 de junho de 2015

Ágata

Ágata
Tudo começou bem simples. Simplesmente a encontrei ao sair do sudeste para o noroeste. Dentre todas as improbabilidades eu me apaixonei, amei e me casei. Embora seja um grande tolo ela mesmo assim me amou, e como fortes correntes feitas do mais puro aço me manteve ao seu lado. Este tolo cresceu e um homem teve de se tornar. A vida a dois fez a existência valer a pena. Acordar ao seu lado parecia ainda ser um sonho. E todas as mediocridades do cotidiano se tornavam um evento contigo. Este amor que inundou meu ser fez com que toda fantasia incluísse você. Todo plano era feito com você. “Vamos dominar o mundo”, dizia eu, e você me respondia “Sua Imperatriz eu serei”. Se tu senti se frio “construirei um castelo” com poder eu na minha voz eu dizia. Mas sem pensar eu disse “Um herdeiro tenho de ter” e você disse “Do mais puro amor uma criança a esse mundo trarei”. E assim se Deu!
Um dia de preguiça você disse para mim “Estou grávida”, eu fiquei sem palavras e depois de um tempo de silencio... Um urro foi ouvido até nos confins da terra. Extasiado, pasmo, Inquieto eu fiquei. O que tenho de fazer... Eu não sei. Devemos escolher o nome agora? Eu não sei. Devo comprar fraldas? Eu não sei. Você disse sendo a minha fonte de razão, “vamos contar para nossa família”. Eu fui então... Afinal quem é que manda aqui. Minha é a ultima palavra, “Sim Senhora”, amiguinhos nunca contrariem uma mulher... Principalmente uma grávida. Espanto seguido de alegria foi o que ouve quando contamos. Todos tinham conselhos, ajuda e coisas a dar.
A barriga dela cresceu... Será que devo dizer? Melhor não! Ela esta comendo como um animal... Devo falar isso pra ela? Melhor não! Estou com medo. Meu Deus a barriga dela esta enorme! Ela esta me chamando... Quer que eu ponha a mão para sentir chutar. Não sei se vai ser legal, parece um alien se movendo dentro dela. E então eu aproximei a mão e ela pulou. Nunca me senti assim, será que estou amando mais uma vez? Agora sim sei que existem duas mulheres na minha vida, ops... Ela não queria saber o sexo do bebê. Ela vai me matar!
Hoje ela sentiu muita dor, estou preocupado. O medico então disse que é uma gravidez de risco. Estou com muito medo. Acabei de ganhar este presente de Deus, não posso te perder meu amor. Minha querida esposa esta muito abalada. Ela não sorri... Eu não sei o que fazer. Eu simplesmente a abracei e lembrei-a dos meus votos... “na saúde e na doença, na alegria e na tristeza”. “Até que a morte nos separe”. E então ela me disse, “não foi isso, você disse ‘na saúde e na doença, na alegria e na tristeza’. E nem a morte vai nos separar”. Não importava o que se acontece nunca iríamos nos separar.
E Deus ouviu nossas orações, tudo estava bem. Nossa garota crescia forte e saudável. E então minha amada senhora decidiu que devíamos escolher o nome da fetolina. Vários nomes foram cogitados... Mas em minha opinião nenhum prestava. Quanto nome feio esse mundo tem. Até que como um estalar de dedos o nome “Ágata” apareceu. Tanto eu como minha querida achamos que esse deveria ser o nome de nosso novo amor. Fomos e compramos tudo para seu quarto. Diferente da maioria dos pais nós compramos roupinhas azuis para nossa pequena. Eu mesmo desenhei nas paredes e tornei o ambiente descente para uma princesa, é claro uma guerreira que iria dominar essa pequena galáxia. 
Corre, corre! Ela esta vindo. Contrações e dores, minha esposa estava em prantos. Para o hospital marchamos em nosso pequeno carrinho. Eu estava apavorado, mas eis que me lembrei de tudo que aprendi. Coragem, agora você é pai! Eu tinha que ser forte e confortar o amor da minha vida. Eu tinha que ser forte, pois um pequeno ser depende de mim. Então com os poderes concedidos a mim pelos Pais que vieram antes de mim eu entrei naquela sala e me preparei para o dia mais incrível para minha vida.

Você abriu os olhos, soltou seu primeiro grito... Ih, “calma meu anjo, estou aqui para cuidar de você”. Você sorriu pela primeira vez, o que fez eu e sua mãe ficar bobos. Nunca na minha vida tinha sentindo tanto amor por alguém como sinto por você. Meu amor você veio ao mundo, mas não se preocupe, eu, estou aqui contigo. Você dormiu em meus braços pela primeira vez, e dessa vez eu não consegui segurar. Derramei-me em lagrimas de felicidade. Dorme meu amor eu vou te levar para casa, pois você entrou em uma família em que reina o amor. E então eu e minha querida dissemos “Bem vinda, ÁGATA!”.